Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Quais são as melhores ligas de futebol para se apostar?

Quais são as melhores ligas de futebol para se apostar?

Os que acabam de chegar ao mundo das apostas podem perguntar-se: qual será a melhor liga para apostar?

Mas a resposta é dividida entre apostas punter e trading. Como sempre estes assuntos precisam de ser tratados de forma diferente.

por Josué Ramos   |   comentários 0

Vamos começar pelas apostas punter.

Quais são as melhores ligas para apostar? Pensem um pouco...

Muitos poderão pensar que são as ligas europeias. Alguns, por morarem na Europa, outros por simplesmente terem começado por apostar nessas ligas. Mas apostamos pelo conceito de valor, e para isso precisamos estar à frente da casa de apostas, tanto nas linhas quanto na informação. O problema é que nos principais campeonatos europeus ficar à frente de uma casa de apostas não é tarefa fácil, pois a mesma possui toda a informação possível em mãos e ajusta as linhas rapidamente.

É sabido por grande parte dos apostadores, punters e tipsters, que as grandes ligas europeias devem ser evitadas, pois não se encontra valor com facilidade e, quando encontra, ainda tem que se disputar as migalhas com os brookers dos sindicatos asiáticos. É tarefa quase impossível conseguir extrair valor de alguma dessas ligas.

Para tentar superar as casas nos grandes centros, assim como outros apostadores, é preciso ter os melhores scouts do mundo, que possam dar-nos as melhores informações antes que cheguem ao conhecimento da casa de apostas ou apostador. É demasiado complicado apostar nas grandes ligas da Europa. Não é tarefa impossível, mas estaremos a trabalhar com valores justos, o que dificilmente será lucrativo.

Por isso as melhores ligas para apostar são exatamente as que não permitem às casas de apostas ter acesso rápido e fiável à informação. Quanto menor for a liga, melhor. Há vários anos que as ligas brasileiras vêm sendo uma mina de ouro, pois conseguimos obter valores altos bem antes de as casas ajustarem as linhas. Em toda a América do Sul temos essa grande facilidade, bem como na América Central e do Norte. Percebemos que conseguimos obter informação antes das casas de apostas, o que tem sido muito lucrativo nos últimos anos. Há ligas menores na Europa que também são minas de ouro, mas o custo de manter scouts por lá é alto e às vezes não compensa. Manter scouts na Ásia, África e Oceania não é tarefa fácil nem barata. Pelas odds e disponibilidade de mercados também não compensa muito, ainda mais quando temos uma mina de ouro no quintal.

As ligas brasileiras têm sido muito lucrativas desde que as apostas online começaram, pois aqui o acesso à informação é mais fácil e estamos constantemente à frente de qualquer casa de aposta. Nas ligas colombianas acontece a mesma coisa, assim como em outras ligas da América do Sul. A maior dificuldade é nas ligas Argentinas, pois são muito visadas pelos books e por lá as casas têm uma maior facilidade de colher informações.

Quanto mais remoto o acesso à informação de uma liga, melhor é para o apostador punter.

Basicamente, a ideia é que quanto mais remoto for o acesso à informação de uma liga, melhor para o apostador, pois gastando um pouco do seu dinheiro com o scout ou fonte certa, vamos conseguir informações que as casas vão demorar dias para confirmar e no final ajustar as linhas. Lembrem-se que todas as apostas punter se baseiam no conceito de valor. Apostar com odds justas não é lucrativo.

Sou um dos que se arrisca nos grandes centros Europeus e preciso deixar claro que realmente não é tarefa fácil ficar à frente de uma casa de apostas e de outros apostadores. Além disso vamos conseguir extrair poucas apostas de valor e o gasto com scouts é alto. Mas tenho conseguido ter o meu lucro por lá e recomendo qualquer liga na Europa, desde que tenham acesso a uma fonte de informações: um tipster ou um site como a Academia das Apostas para vos auxiliar com estatísticas e melhores apostas.

Agora vamos entrar no mundo do trading e as coisas invertem-se.

No trading não nos concentramos no conceito de valor. Por isso odds justas ou não vai dar ao mesmo. A nossa missão é entrar e sair do mercado extraindo alguns ticks de variação. Para isso ter liquidez é essencial. Logo os grandes centros Europeus são mais indicados, pois possuem grande liquidez por jogo e é mais fácil ter a nossa stake correspondida. Isto não acontece nas ligas menores por razões óbvias: a falta de dinheiro investido nessas ligas.

A missão de um trader é entrar e sair do mercado extraindo alguns ticks de variação. Para isso é essencial ter liquidez.

Mais uma vez o trading e as apostas punter mostram as suas diferenças. Como conclusão devemos ter em mente que:

  • para um apostador punter, quanto mais afastada dos grandes centros uma liga de futebol é, melhor;
  • para um trader, quanto maior a liga é, melhor.

São mercados muito diferentes e é preciso tratá-los com distinção.

Há outra semelhança nesta distinção, que é o fato de nas ligas menores, em apostas punter, não haver muito limite para investir.

Ultimamente algumas ligas têm-se destacado na hora de encontrar apostas de valor:

Nas maiores ligas do mundo, as primeiras divisões de Inglaterra, Alemanha, Itália e Espanha, é sempre um desafio encontrar valor, mas este artigo não foi criado para desaconselhar as vossas apostas punter nos grandes centros e sim encorajar-vos a colher mais informações antes de se envolverem numa aposta, pois nestes centros as casas de apostas dominam completamente as informações dos cenários, por isso é preciso ter um cuidado maior e estar muito atento antes de realizar qualquer aposta.

Espero que tenham gostado do Artigo. Um grande abraço a todos!

 

Partilhar "Quais são as melhores ligas de futebol para se apostar?" via: