Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Estou velho demais para videogames?

Estou velho demais para videogames?

A companhia ISR Esports decidiu lançar um projeto de jogos eletrónicos voltado para os idosos, fique por dentro!

por Academia   |   comentários 0

O mundo dos games tem alguma relação com as idades dos jogadores? Há algum tempo atrás, ouvíamos dizer que os videogames eram coisas para crianças e adolescentes se divertirem com os amigos ou sozinhos em casa. Com o passar dos anos, acompanhamos diversas evoluções do universo dos games. Passamos por diversas gerações de consolas, desde o Atari, lançado em 1977 até o PlayStaiton 5, que será lançado no final desde ano de 2020.
 
Com a entrada dos computadores neste mundo, o acesso dos gamers ficou infinitas vezes mais fácil para qualquer usuário desfrutar de jogos de diversas gerações.
 
Há casos e casos, como há pessoas que desfrutaram dos videogames por um certo período da sua vida e deixaram de lado, e há os amantes fiéis que se apaixonaram desde a infância e continuam com esse amor pelos jogos eletrónicos até hoje.
 
No entanto, também há o caso daqueles que nunca tiveram contato com os games e foi neste que a empresa ISR Esports focou.
 
A companhia ISR Esports decidiu entrar em ação com um projeto de criação de um centro de eSports focado especialmente para as pessoas idosas terem experiências com os jogos eletrónicos. Localizado em Kobe, no Japão, o centro de treinos já possui data de abertura, será no dia 2 de julho, e só aceitará pessoas com ou mais de 60 anos de idade para participar do projeto. Segundo informações, o centro de eSports obedecerá a todas as medidas de prevenção contra o covid-19 e será aberto ao público que quiser apreciar.
 
Para começar, a ISR Esports pretende apresentar alguns jogos básicos para os participantes em conjunto com algumas aulas sobre a modalidade. A ISR Esports nomeou esta parte de "Títulos Completos de eSports”.
 
Há uma alta muita procura de "idosos" por eSports, no Japão. Segundo um jornal do país, houve uma forte queda nas modalidades tradicionais do Japão e uma alta procura noutras atividades como os esportes. Um grupo de especialistas da AARP (American Association of Retired Persons) confirmou que em 2019 havia cerca de 51 milhões de jogadores acima de 50 anos ativos nos videogames, somente nos Estados Unidos. Mas esta não é a primeira vez que as idades "maduras" chamam atenção no cenário.

Em 2017, houve a formação do time Silver Snipers, na Suécia, casa dos Ninjas in Pyjamas. A equipa voltada para o game Counter Strike: Global Offensive, foi formada por um elenco de homens e mulheres entre 62 a 81 anos. A equipa participou de um amigável no campeonato DreamHack Winter e continua na ativa até hoje.

Partilhar "Estou velho demais para videogames?" via: